Estância de Socorro - O site mais completo de Socorro                   


     HOME

Fale Conosco
Anuncie

• SERVIÇOS
   - Lista Telefônica
   - Hospedagem
   - Casas de temporada
   - Aventura
   - Imobiliarias
   - Gastronomia
   - Saúde e Bem Estar
   - Malharias
   - Cinema
   - Telefones Úteis

• A CIDADE
   - História
   - Prefeitos
   - Ficha técnica
   - Aspectos culturais
   - Dados do IBGE
   - Quadro sócio-econômico
   - Hino
   - Fotos
   - Galeria de Vídeos
   - Praças e Bairros
   - Cidades vizinhas
   - Mapa de ruas
   - Curiosidades
   - Calendário de Eventos
   - Socorro na Mídia
   - Localização
   - Traçar rota

• TURISMO
   - Pontos Turísticos
   - Mapa Turístico
   - Turismo de Compras
   - Turismo Histórico
   - Turismo de Aventura
   - Turismo Ecológico
   - Turismo de águas Minerais
   - Turismo Rural
   - Socorro acessível

+ SERVIÇOS
   - Bancos
   - Sorveterias
   - Farmácias
   - Mecânicos
   - Pesqueiros
   - Alambiques
   - Orelhões Comunitários
   - Ônibus Intermunicipais
   - Ônibus Circulares
   - Previsão do Tempo

Downloads
Galeria de Fotos
Localização
Links
Parceiros
Fale Conosco
Galeria de Vídeos

Acesse o site Oficial do Circuito das Aguas Paulista

HISTÓRIA DA CIDADE

Em 1870 seguiu para Bragança uma comissão de pessoas influentes da freguesia, que foram pedir aos dirigentes da política desta zona, que obtivessem os poderes competentes para a elevação da Freguesia para a categoria de Vila, voltando com a promessa formal de que esse pedido seria tomado em consideração. Essa promessa foi cumprida poucos meses depois.

Em fins de março de 1871 entre as aclamações dos socorrenses, era levado a seu conhecimento que a lei provincial nº 29 de 24 do mesmo mês, havia elevado aquele local de freguesia a categoria de Vila.
E em 14 de janeiro de 1873 realizou-se a instalação solene da Vila de Socorro, tendo tomado posse por essa ocasião os primeiros vereadores eleitos, que foram os seguintes: Tenente Floriano Barbosa de Azevedo, João Baptista de Oliveira Cintra, Antonio Manuel de Araújo, Basílio Pares de Oliveira, Francisco Gomes de Azevedo, Antonio Luis de Souza Pinto e Manuel Justino de Souza.
Sob a gestão dessa Câmara muitos foram os melhoramentos trazidos para esta Vila, uma delas, talvez a mais importante foi a construção do prédio onde atualmente funciona a Prefeitura Municipal, e que naquela época servia como Câmara Municipal na parte superior e como cadeia no pavimento inferior. Também foi construída uma nova Capela para substituir a antiga e se tornar a Igreja matriz provisória daquela época, esta Igreja batizada de Capela do Senhor Bom Jesus. Em 1873, pela lei provincial nº 78, foi esta vila desmembrada da comarca de Bragança Paulista, passando a pertencer então à comarca da cidade de Amparo.

Porém os Bragantinos não concordando com esta lei, que lhes retalhava em um de seus melhores florões, empregaram todos os esforços para conseguirem com que a Vila voltasse para a Comarca de Bragança, o que acabou acontecendo com a lei nº 159, de 30 de Abril de 1880, a qual determinou que a Vila de Socorro voltasse novamente a fazer parte daquela Comarca.
Os políticos Amparenses não se deram por vencidos, e conseguiram na data de 30 de Março de 1882 que a Vila fosse novamente incorporada a sua Comarca. Mas, no dia 17 de Março de 1883, pela lei Provincial nº 20, foi a Vila de Socorro elevada à categoria de Cidade.

Em setembro de 1883, achando-se terminada a capela da Igreja Matriz, o Padre Saverio Marcicano, então vigário da paróquia, benzeu a Igreja e ali eram celebrados os atos religiosos da paróquia.
Em 1884, foi criado o lugar de Juiz Municipal para o termo de Socorro, nesse mesmo ano foi nomeado como juiz o Dr. Bartolomeu Antunes de Oliveira Nery para exercer o cargo, o qual foi empossado em 3 de fevereiro de 1885. Em 1889 é criada a comarca de Socorro, a qual ainda no primeiro ano é elevada a primeira entrância. De 1839 a 1930 Socorro teve 8 câmaras administrativas, a primeira por nomeação e as demais por eleição. No ano de 1930 a câmara foi dissolvida pelo movimento revolucionário.
Quando estourou a revolução de 1932, os socorrenses fizeram-se presentes na defesa dos ideais democráticos, com sua participação no batalhão de Voluntários "32 de Maio", sob o comando do Capitão Benedito de Castro Oliveira, formado por jovens de Socorro, Amparo e Americana. Os de Socorro pertenciam a 1º Companhia de Fuzileiros sob o comando do oficial Geraldo Theodoro da Silva.

Passada a Revolução de 32, mais propriamente no ano de 1945 Socorro passa a ser considerada Prefeitura Sanitária, e posteriormente, em 1946 passa a ser Estância Sanitária. Finalmente em 1978 a cidade de Socorro recebe o título de Estância Turística.

Personagens históricos
Dr. João Batista Gomes Ferraz - Vereador, Prefeito, Deputado Estadual (o primeiro socorrense a ocupar esse cargo), Deputado Federal e membro da comissão que erigiu o Mausoléu do Soldado Constitucionalista, no Ibirapuera em São Paulo, ocupando ainda diversos cargos públicos durante a sua vida.

Poeta Lino Guedes - Falecido em 1951, o socorrense viveu aqui sua infância. Filho de escrava (preta Benedita, da casa do Cel. Olímpio que, por sua bondade, vivia em liberdade), era ele uma gentileza a toda prova. Suas primeiras letras aprendeu em Socorro e a escola normal fez em Campinas, onde escreveu para o Diário e o Correio Popular. Mudou-se para São Paulo e tornou-se um poeta. Canta o que sente. Escreveu muitos livros de versos, entre eles: Sorrisos do Cativeiro, Urucungo, O canto do Cisne Negro, etc...

Confira alguns dos Prédios Históricos do Município...



www.estanciadesocorro.com.br - O site mais completo de Socorro
e-mail: contato@estanciadesocorro.com.br

Itamar Mariano - Consultoria Web e Marketing Digital
www.itamarmariano.com.br - (19) 9131-1969